Peso e os hormônios do apetite

    
O comportamento alimentar é controlado pelas sensações de fome e saciedade. Alguns hormônios atuam nessa sinalização, o que influencia no peso corporal.

A insulina, quando aumentada na circulação sanguínea, age no controle do apetite, indicando saciedade. A leptina também auxilia na redução da fome e ajuda a manter o gasto energético diário mais elevado, o que é interessante para quem quer emagrecer.

Pessoas com excesso de gordura corporal têm maiores concentrações desses hormônios no sangue, mas apresentam resistência à ação da insulina e da leptina. Ou seja, apesar de concentrações elevadas, os hormônios são incapazes de exercer sua função. Sendo assim, podem apresentar apetite aumentado ao longo do dia.

A grelina é outro hormônio que atua no apetite. A sensação de fome é maior quando aumentada na circulação sanguínea, o que ocorre cerca de 1 a 2 horas antes das principais refeições.

Fracionar a alimentação de 3 em 3 horas, realizar mastigação lenta e ter uma boa noite de sono são comportamentos que ajudam no controle das sensações de fome e saciedade e, por consequência, podem auxiliar no controle de peso.

Tainá Carvalho, nutricionista Salus
 


Com que roupa eu vou?

    
Em todos os treinos, principalmente em dias quentes, use roupas leves e bem arejadas. O corpo precisa trocar temperatura com o meio ambiente, ou seja, dissipar o calor produzido pelo exercício.
 
Foi-se o tempo em que, erroneamente, as pessoas treinavam com plásticos e roupas pesadas por baixo. Isso não faz perder gordura e, sim, água, desidratando o corpo e reduzindo a performance.
 
Por falar em água... beba bastante antes, durante e depois dos treinos! Assim você mantém o corpo sempre hidratado.
 
Felipe Sampaio, personal Salus


Acelere o seu metabolismo

    
O metabolismo é um conjunto de reações químicas que ocorrem em nosso organismo pela ação de diversas substâncias. Elas transformam os alimentos consumidos em energia e determinam como ela será usada pelo nosso corpo. Existem pessoas que, realmente, possuem o metabolismo mais lento. Porém, alguns cuidados podem ajudar a acelerar esse processo. Veja algumas dicas para manter o seu metabolismo ativo:

  • • A prática de exercício físico, principalmente exercício aeróbio, aumenta o gasto de energia
  •  
  • • Faça o café da manhã! Quando pulamos essa refeição, o metabolismo fica lento ao longo do dia todo
  •  
  • • Beba bastante água, pois ela mantém a distribuição de nutrientes pela circulação sanguínea adequada
  •  
  • • Inclua alimentos termogênicos no seu dia a dia, pois o organismo consome mais energia para realizar a digestão, estimulando o metabolismo a trabalhar em ritmo acelerado e aumentando a temperatura corporal, o que facilita a queima de gordura. Alguns alimentos apresentam efeito termogênico mais acentuado, como café, chá verde, gengibre e pimenta
  •  
  • • Alimente-se de 3 em 3 horas! Fracionar as refeições em pequenas porções evita que o organismo gaste menos calorias o longo do dia
  •  
  • • Evite bebidas alcóolicas, pois elas freiam a queima de gordura em até 73%
  •  
  • • Tenha uma boa noite de sono! Quem dorme menos de 5 horas por noite apresenta sua taxa metabólica basal reduzida em até 36%

Tainá Carvalho, nutricionista Salus


Devo fazer esteira antes ou depois da musculação?

    
Se você pretende, a princípio, somente um aquecimento para elevar a temperatura corporal, realize 10 minutos de esteira antes da sessão de musculação.

Agora, se o intuito for aquele trabalho aeróbio de 30 a 45 minutos, não temos nada na literatura de estudos científicos que diga ser melhor fazer a esteira antes ou depois. O importante é realizar!

Talvez, uma boa dica, seja fazer primeiro aquele que você tem mais dificuldade, pois estará com mais energia para realizá-lo.

Felipe Sampaio, personal Salus


Saiba como emagrecer

    
Não há segredo nem fórmulas mágicas para conseguir diminuir o percentual de gordura, e consequentemente emagrecer.

A solução é simplesmente um cálculo matemático de balanço calórico negativo ou positivo. Quando uma pessoa consome mais do que gasta ela engorda, quando gasta mais do que consome ela emagrece.

No decorrer do dia temos um custo energético que é a somatória do gasto calórico utilizado para manter nosso organismo em funcionamento mais o gasto despedido para realizar atividades da vida diária. Isso tudo gera um número que é o gasto calórico total por dia, que pode ser por exemplo 2.500 Kcal/dia.

Toda energia é obtida através dos alimentos que ingerimos, portanto, se a pessoa durante todo o dia consumir mais que 2.500 kcal ela terá um balanço calórico positivo e engordará, em contrapartida se ela consumir menos que 2.500kcal ela terá um balanço calórico negativo e emagrecerá.

Com atividade física e dieta é possível fazer um balanço calórico negativo.

A equipe Salus está de prontidão para realizar esses cálculos e atingir seus objetivos de forma concreta e segura.

Mais dicas, artigos científicos e um canal de dúvidas você encontra na área interna do associado.


« Início Anterior 123456789101112 Próximo Fim »