Mulher musculosa, eu?

    

E disse a mulher:

-- Eu não vou fazer musculação, não! Deus me livre ficar toda fortona!

A afirmação desta mulher, e de muitas outras, é completamente equivocada. Para se chegar ao ponto de ganhar um corpo com massa muscular truculenta, é preciso tomar a famosa “bomba”. E a bomba é um perigo à saúde, causando diversos efeitos colaterais.

Ao contrário do que se pensa, a musculação bem orientada nas mulheres é uma excelente atividade física, pois tonifica e enrijece os músculos, melhora a postura e combate a perda progressiva da força e da massa muscular, decorrente do envelhecimento.

Quer ter os benefícios da musculação sem perder a feminilidade? Procure um profissional especializado e receba todas as orientações para um treino saudável e seguro.

Felipe Sampaio, personal Salus



Sua casa, sua academia

    
 
Quem disse que para se exercitar você precisa, obrigatoriamente, frequentar academias? Muitas pessoas não têm acesso a esses locais, outras simplesmente não gostam, fazer o quê?

Por isso, existem estratégias que permitem manter uma rotina de exercícios em qualquer outro local, como a sua casa ou um parque, por exemplo.

Em ambos os lugares, o treino em suspenso é bastante eficaz. E como a modalidade virou moda, já é possível comprar, por um bom preço, fitas próprias para esse fim, que você leva para onde quiser.
Também conhecidas como TRX, as fitas são amarradas em um lugar alto, permitindo que você execute puxadas, agachamentos e abdominais, dentre outros.

Há também os elásticos para exercícios localizados, que variam de intensidade e resistência, de acordo com a atividade que você realizar.

E nada disso requer uma academia. Faça da sua casa, ou do parque, o seu ambiente de treino.

Converse com um profissional especializado para, juntos, criarem uma rotina eficaz e divertida de exercícios.

Felipe Sampaio, personal Salus



Alimentação antes do treino

    
 
Antes de praticar qualquer atividade física, você não pode estar de estômago vazio. Mas isso não quer dizer que é para se empanturrar com alimentos pesados ou com alto índice de açúcar. Isso porque eles provocam um pico de insulina que deixa o organismo mais lento e preguiçoso.

O ideal é ingerir um carboidrato com frutose, que é o açúcar encontrado nas frutas. Mas para saber direitinho qual a alimentação ideal para você antes do treino, consulte um nutricionista esportivo.

Se precisar de uma indicação, a Assessoria Esportiva Salus conta com esse profissional em seu programa e, o melhor, sem custo algum para seus alunos. Informe-se.

Felipe Sampaio, personal Salus


Não corra se estiver acima do peso

    
 
Todo mundo sabe que correr emagrece. Mas, contraditoriamente, se você estiver acima do peso não pode calçar o tênis e sair em disparada por aí. Isso porque a atividade causa um baita impacto nas articulações, cerca de quatro vezes o seu peso. Uma pessoa com 70 kg, por exemplo, vai gerar um impacto de 280 kg nos joelhos. Eita!

Então, para não prejudicar o seu corpo, você deve iniciar o trabalho nos aparelhos elípticos, também conhecidos como trasport, ou na bicicleta. É preciso começar com algo que tenha uma carga mais leve e, assim que for diminuindo o peso, você pode fazer uso da esteira para andar e, depois, correr.

Não tenha dúvida de que o treino aeróbio é ótimo, não só para perder peso, mas para melhorar a sua saúde em vários outros fatores, além do condicionamento físico. Porém, é preciso tomar alguns cuidados para que a atividade não se torne prejudicial, ao invés de benéfica.

Quer perder peso de forma correta e segura? Converse com a Salus e receba orientação de profissionais especializados. Fale conosco.

Felipe Sampaio, personal Salus


Estica e puxa!

    
 
Ser flexível não vale apenas para o campo comportamental, quando você se adapta a diferentes situações. A flexibilidade é um componente muito importante da nossa condição física.

Nossos músculos são como elásticos, que se contraem encurtando e se estendem alongando. Mas para otimizar o funcionamento do corpo é preciso aloooongar!

Execute sessões de alongamento, com duração de 30 a 60 minutos, de duas a três vezes por semana. Faça os exercícios visando atingir o corpo todo e sustente cada posição por 40 a 60 segundos, duas a três vezes cada.

Com esses treinos, você terá músculos mais funcionais e flexíveis, o que vai melhorar a sua postura e diminuir possíveis dores articulares e nas costas.

Quer algumas dicas de alongamento? Converse conosco.

Felipe Sampaio, personal Salus



Alterne atividades aeróbias

    
 
Exercícios aeróbios são aqueles movimentos cíclicos e de passadas repetitivas, que usam o oxigênio como fator primário para o metabolismo, como nadar, pedalar e correr.

Se você é adepto dessas atividades, aqui vai uma dica para tornar seu treino aeróbio mais prazeroso e seguro: varie os tipos de exercícios realizados. Se hoje você correr, amanhã pedale ou nade.

Essa estratégia, de intercalar as atividades, serve para proteger os joelhos. Uma pessoa que só corre, por exemplo, expõe os joelhos a um impacto de quatro vezes o peso do corpo, podendo contundir os meniscos.

Por isso é tão importante alternar as atividades. Mais importante ainda é consultar um especialista em treinamentos cardiorrespiratórios. Assim você recebe todas as orientações necessárias para fazer um treino correto e seguro. Converse com a Salus.

Felipe Sampaio, personal Salus



Dieta sem orientação: perigo à saúde

    
 
Antes de se iniciar uma dieta, é preciso passar por uma avaliação endocrinológica e nutricional. Só assim é possível emagrecer de forma adequada e segura.

O que deve ser levado em consideração: a quantidade de calorias da dieta; o equilíbrio entre os nutrientes incluídos no cardápio; os horários das refeições, que precisam ser adaptados à sua rotina; e os tipos de alimentos recomendados, que devem respeitar o seu paladar.

Por tudo isso, não se pode começar uma dieta aleatoriamente. Caso contrário, ao invés de emagrecer, você poderá engordar ao longo do tempo.

Quer perder peso, de verdade? Procure um profissional especializado e faça uma avaliação minuciosa. Depois, é só seguir as orientações médicas, personalizadas para o seu tipo.

Cristiano Barcellos, endocrinologista Salus


« Início Anterior 123456789101112 Próximo Fim »